Com a chegada dos primeiros imigrantes, sentiu-se também a necessidade de implantar as igrejas às quais estes imigrantes eram simpatizantes e/ou afiliados. Os italianos, na sua grande maioria, de origem católica; ao passo que muitos alemães de religião protestante.

Muitos tinham abandonado tudo em sua terra natal mas, chegando em Videira, trataram logo de construir igrejas, escolas e estabelecer o funcionamento de suas comunidades para batizados, confirmações, casamentos, sepultamentos e outros ofícios necessários.

A IELB registra os seus primeiros movimentos, especialmente no oeste de Santa Catarina, na pessoa do Reverendo Valentin Kühn, que iniciou o atendimento a esta região no ano de 1925, abrangendo vários locais e cidades, tendo sua sede em Herval (atual Joaçaba-SC).

O pastor Valentin Kühn, formou-se pelo Seminário Concórdia, de Porto Alegre-RS, em 1924. Atuou como pastor durante dezoito anos. Foi enviado para atender Herval e arredores, sem chamado regular. Ao longo de seus dezoito anos de ministério atendeu as paróquias de Joaçaba, Videira, Jaraguá do Sul e Marcelino Ramos. Realizou o primeiro culto em Videira em 30 de agosto de 1925, após tê-lo marcado por três vezes.

No seu tempo não houve fundação de congregação em Videira, em virtude da forte oposição da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil (IECLB). O transporte era feito via trem ou lombo de mula. As famílias pioneiras em Videira foram: Hoffman, Midding, Rhodenberg, Schüller e Skalee. Houve a formação de um coral provisório. Em 1943, o Rev. Valentin Kühn declinou do ministério, vindo a falecer em maio de 1990.

O pastor que foi instalado pelo pastor Valentin Kühn em Videira foi um alemão, Rev. Friedrich Wilhelm Jürgen Schröeder, formado em 31 de outubro de 1939 no Seminário Concórdia, de Porto Alegre-RS. Ele recebeu e aceitou o chamado para Perdizes (atual Videira) e Marechal Hindenburg. O pastor Schröeder deveria residir em Perdizes, mas antes de assumir teve que assistir temporariamente a comunidade de Neu Breslau (hoje Presidente Getúlio - SC). Mesmo tendo sido convidado pela diretoria de Neu Breslau a permanecer lá, o pastor Schröeder não aceitou e veio fixar-se em Perdizes, onde encontrou um trabalho bastante difícil. Foi auxiliado pelo sr. Rodolpho Skalee, depois pela família do sr. Luiz Hoffmann, especialmente pelo sr. Rodolpho Hoffmann, que ofereceu sua casa para o pastor Schröeder residir e o seu cavalo, "Brinquedo", para realizar as viagens de atendimento às diversas comunidades do interior.

A primeira diretoria em Perdizes ficou assim constituída:

Presidente

Guilherme Mayer

Secretário

Augusto Carlos Böhrer

Tesoureiro

Rodolpho Reinoldo Skalee

 

A congregação formou-se com cerca de dezesseis famílias luteranas. Em virtude do crescimento da comunidade uma sala maior tornou-se necessária para a realização dos cultos. Foi aí que os cultos passaram a ser realizados na Fábrica de Vimes do sr. Bernardo Werner, que foi utilizada até a inauguração do nosso antigo templo, o qual foi demolido em 1985.

Houve a formação de um coral nos idos de 1940-45; o departamento de jovens começou a reunir-se por volta de 1947 no sótão da casa paroquial, então recém inaugurada; o departamento feminino já fazia reuniões regulares por volta de 1950. Todos estavam sob orientação de dona Anneliese M. Schröeder, enquanto o pastor Schröeder atendia os diversos locais, ficando ausente da sede paroquial por muitos dias. O departamento de leigos foi organizado na década de 70 e em maio de 1983 foi oficialmente reativado. Tanto o coral, departamento feminino, departamento de jovens, leigos e escola dominical encontram-se em pleno funcionamento atualmente na CELC.

Ao final de 1961, o pastor Schröeder recebeu chamado para lecionar alemão no Seminário Concórdia, de Porto Alegre-RS.

Durante o ano de 1962, o estagiário Rudi Güths atendeu todos os lugares: Videira, Dez de Novembro, Caçador, Ipoméia, Colônia Müller, Lajeado, Marari, Curitibanos, Fraiburgo, Núcleo Tritícola, Rio das Antas e Tangará.

Em dezembro de 1962, o Rev. Nathan Hilmar Flor, pastor da congregação de Mondaí-SC, aceita o chamado da CELC e em janeiro do ano seguinte realiza seu primeiro culto em Videira, apesar de ser instalado como pastor da congregação somente em maio do mesmo ano.

Em junho de 1984 é realizado o culto de despedida do Rev. Nathan Hilmar Flor e em final de julho do mesmo ano começa o trabalho do Rev. Cláudio Nicolau Wiltgen, atualmente pastor em Realeza-PR, que é instalado como pastor da congregação no mês seguinte.

Em março de 1987 realiza-se o culto de despedida do pastor Cláudio Nicolau Wiltgen, o qual aceitou chamado para a congregação de Jaraguá do Sul-SC, onde já tinha atuado como estagiário.

No final de abril de 1988 chega o Rev. Walter José Mormello, o qual oficia o seu primeiro culto no dia 08 de maio e é oficialmente instalado como pastor da congregação em 19 de junho do mesmo ano.

No dia 05 de novembro de 1989 é inaugurado o novo templo em Videira. Estiveram presentes os ex-pastores da CELC: Valentin Kühn, Friedrich Schröeder e Cláudio Nicolau Wiltgen. O pastor Nathan Hilmar Flor não pôde se fazer presente mas foi representado por sua filha Carla Betina Flor.

Em assembléia geral da congregação realizada em outubro de 1995 aprovou-se a vinda de um estagiário, para 1996, tendo em vista o projeto de 2º. pastorado em Videira, com sede em Pinheiro Preto-SC, para 1997 ou 1998.

O estagiário Airton Jair Glitz, proveniente da Escola Superior de Teologia de São Paulo-SP, chega em fevereiro de 1996 para trabalhar em nosso meio até fevereiro de 1997.

No dia 29 de dezembro de 1996 realiza-se o culto de desinstalação do pastor Walter José Mormello, o qual aceitou chamado para a congregação de Esteio-RS, onde encontra-se atualmente.

A congregação passa então a ser atendida pelos estagiários Airton Jair Glitz, até fevereiro de 1997, e Alex Feil Pause, que chegou em janeiro de 1997 e terminou seu estágio em janeiro de 1998.

Após dez meses sem pastor residente, o Rev. Sérgio Adão Mundstock, pastor da congregação de Ituporanga-SC, aceita o chamado para pastorear a CELC. Ele chega em Videira no mês de novembro e é instalado como pastor desta congregação no mesmo mês.

Atual diretoria da CELC:

      Presidente

      Aldo Schelske

      Vice-Presidente

      Helma De Martini

      Secretária

      Jussara Vetter

      Vice-Secretária

      Clessilda Kühl

      Tesoureiro

      Rodolfo Vetter Júnior

      Vice-Tesoureiro

      Herta Böhrer de Matos



Última Atualização: 15/05/2001


 


Conheça um pouco da história de nossa Congregação!